Frases

“A resignação é um suicídio cotidiano.”
Honoré de Balzac

“Remorso é o firme propósito de, na próxima vez, não deixar impressões digitais.”
Marcel Achard

“Quando Pedro me fala sobre Paulo, sei mais de Pedro que de Paulo.”
Sigmund Freud

“A arte existe porque a vida não basta.”
Ferreira Gullar

“Eu, visto pelo outro, nem sempre sou eu mesmo.
Ou porque sou projetado melhor do que sou, ou porque sou projetado pior.
Não quero nenhum dos dois.
Eu sei quem eu sou.
Os outros, apenas, me imaginam”.
Padre Fábio de Melo

Publicado em Frases | Deixe um comentário

Entrevista com Denise Fraga

Denise Fraga é artista com alma de artista.
Inteligente, encanta com sua visão apaixonada pela vida e pela arte.

Publicado em Entrevistas | Com a tag , , , , | Deixe um comentário

Ver!ssimas

Resultado de imagem para ver!ssimas

O livro “Ver!ssimas”, da Editora Objetiva, é resultado desses ideias simples e geniais: O jornalista Marcelo Dunlop e fã (alguém não o é?) do Luis Fernando Verissimo resolveu reunir as principais frases , reflexões e sacadas do Verissimo sobre quase tudo. Claro que o livro é ótimo. Claro que o livro é incompleto. Claro que já aguardo outros livros com mais Verissimo apresentado em miúdos.  Eis algumas ver!ssimas:

Arrependimento
O que eu gostaria de ter feito e não fiz é ter completado vinte anos ontem.

Doença
Hipocondria é a única doença que eu não tenho

Pois é
“Pois é”: uma maneira bem brasileira de não ficar quieto e ao mesmo tempo não dizer nada.

Morte
Minha relação com a morte é esquecer que ela existe. E espero que ela faça o mesmo comigo.

Mentiras
“Olha o aviãozinho!” é a primeira grande mentira.

Porta Aberta
A porta berta do carro determina uma espécie de trégua tácita. Todos a apontam. Vão atrás, buzinando freneticamente, se por acaso você não ouviu o primeiro aviso. “Olha a porta aberta!” É como um código de honra, um intervalo nas hostilidades. Se a porta se abrir e você cair mesmo na rua, aí passam por cima. Mas avisaram.

 

Publicado em Frases, Quase resenha | Com a tag | Deixe um comentário

Entrevista com Carlos Maranhão

Carlos Maranhão é jornalista e escritor. Trabalhou mais de 40 anos na Editora Abril. Trabalhou na Veja São Paulo, Playboy, Placar, Veja Rio e Veja. Maranhão acaba de lançar a monumental biografia sobre Roberto Civita, criador da revista Veja.

Publicado em Entrevistas | Com a tag , , , , | 1 Comentário

A Lei do Amor

Ontem, fui à festa de lançamento da novela A Lei do Amor, dos meus queridíssimos, Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari.

A festa não foi estranha e não tinha gente esquisita. Longe disso. Festa bacana com gente linda e alegre.

Reynaldo Gianecchini, Ricardo Tozzi e José Mayer esbanjavam simpatia e paciência com perguntas repetitivas e rasas.

As atrizes brilharam. Grazi, Claudia Raia, Claudia Abreu, Heloísa Pérrisé, Sophia Abrahão acrescentaram mais verbetes ao adjetivo beleza.

Tarcísio Meira, Glória Menezes, Juca de Oliveira, Regina Duarte. Uma festa à parte pra quem cresceu admirando a teledramaturgia nacional.

Todos os componentes para tornar a noite inesquecível.

Mas a Lei do Amor tem cláusulas curiosas.

A noite só foi perfeita porque estava junto da mulher que eu amo.

Se a Thati não estivesse, a festa e a minha vida seriam vazias, sem graça. Nada pessoal, Grazi.

O amor tem leis próprias, difíceis de explicar. A Thati me disse que embora o Gianecchini seja lindo, charmoso, simpático e atencioso, ainda assim, ela prefere a mim. Nada pessoal. Gianecchini, é que na lei do amor da Thati, o protagonista sou eu.

Amo você, Thati.

Publicado em Crônicas | 3 Comentários

Rejeitados

Resultado de imagem para rejeição desenho

Reunião dos rejeitados anônimos

Líder – Quem quer ser o próximo a falar?

PFPF -Olá, eu sou a primeira fatia do pão de forma.

Outros componentes– Olá, primeira fatia do pão de forma.

Primeira fatia de pão de forma– Eu me sinto muito rejeitado. Dizem que os últimos serão os primeiros. Mas no meu caso, a primeira fatia é que a última. A última a ser consumida.  A maioria só lembra que eu existo quando não tem outra opção. Outros, mais cruéis, me jogam no lixo. Às vezes eu acho que sou o pão que o diabo amassou. Meu sonho é ser popular.

Líder – Muito bem, primeira fatia de pão. Mas alguém quer dar seu depoimento?

LP– Olá, eu sou a Língua Portuguesa.

Todos – Oi, Língua Portuguesa.

Língua Portuguesa -Ninguém gosta de mim. Ninguém me entende. Sou rejeitada por quase todas as pessoas.  Quem gosta de crase? Quem sabe usar crase?  Outra coisa que me faz sofrer: Todos os dias eu ouço: Vou no banheiro, vou no banco. Quase ninguém diz: Vou ao banheiro, vou ao banco. No dia-a-dia, sou trocada por outras línguas. Ninguém mais ENTREGA EM DOMICÍLIO. Hoje em dia é tudo Delivery. Não se fala mais FALSO, agora é FAKE. Ninguém PARA PRA FAZER UM LANCHINHO. Hoje em dia só se faz COFFEE BREAK.  E toda vez que eu ouço: MENAS, sinto o quanto sou desprezada.

Líder – Mais alguém?

BB– Eu. Eu sou o bombom de banana.

Outros componentes–  Olá, bombom de banana.

Bombom de banana–  Eu sofro de rejeição desde que eu fui criado. De rejeição e de solidão. Eu sempre acabo ficando sozinho na caixa de bombom. E eu só existo na caixa de bombom. Ou você já viu bombom de banana ser vendido avulso? Nunca. Eu fui criado só pra ocupar espaço. Eu conheço muita gente que gosta de banana. E muita gente que gosta de bombom. Mas de bombom de banana? Quem gosta? Ou vocês conhecem alguém que compra uma caixa de bombom só por minha causa? Eu sou muito rejeitado. Sou uma espécie de jiló do mundo dos bombons.

Líder–  Muito bom. Mais alguém?

HP– Eu gostaria de falar, mas ninguém costuma me ouvir. É só eu começar a falar, todo mundo vai embora.

Líder – Quem é você?

HP– Eu sou o horário político.

Todo mundo se levanta e vai embora.

Bombom de banana-Credo.

Líder -Ninguém merece.

Publicado em Crônicas | 3 Comentários

Frases

“Quando você está namorando uma garota legal, uma hora parece um segundo. Quando você se senta em uma brasa incandescente, um segundo parece uma hora. Isso é relatividade.”
Albert Einstein

“A distância entre o sonho e a realidade chama-se disciplina”
Bernardinho

“Uma pequena ajuda é melhor que muita pena”
Provérbio celta

“Usa-se estatística como um homem bêbado usa um poste, mais para apoiar do que para iluminar”
Andrew Lang

“A gordura localizada não é uma coisa ruim, desde que esteja localizada no corpo dos outros.”
Frase em camiseta

Publicado em Frases | Deixe um comentário

Pequeno Dicionário de Palavras ao Vento

Resultado de imagem para palavras ao vento

Algumas definições encontradas no maravilhoso livro Pequeno Dicionário de Palavras ao Vento, da sensacional Adriana Falcão.

Aconselhável
Aquilo que provavelmente você não está com a menor vontade de fazer.

Ausência
Uma falta que fica ali presente.

Aplauso
quando as mãos não necessitam da boca para dizer “gostei”.

Carinho
Presente enviado pelo coração cujo portador pode ser mão, boca, gesto ou palavra.

Defeito
Cada pedacinho que falta para se atingir a perfeição.

Desculpa
Palavra que pretende ser um beijo.

Elogio
Quando a frase tem sentido de champanhe.

Escuridão
o resto da noite, se alguém recortar as estrelas.

Gula
Quando o chocolate é mais importante que o espelho.

Ignorância
Sala de espera do conhecimento.

Publicado em Frases | Com a tag , , , , | Deixe um comentário

Entrevista completa com a psicóloga Tércia Barbalho

Publicado em Entrevistas | Com a tag , , , , , | Deixe um comentário

Tércia Barbalho fala sobre culpa

A psicóloga Tércia Barbalho fala sobre culpa.

 

Publicado em Entrevistas | Com a tag | Deixe um comentário