Mais dicas de português

A e HÁ- “Não chove a duas semanas” ou “Não chove há duas semanas”? Sempre que a ideia for de tempo já transcorrido, usa-se o verbo HÁ (do verbo Haver). Quando a ideia for de tempo futuro, deve-se usar A. Portanto, um diálogo entre quem emprestou e quem deve dinheiro seria assim:
– Você me deve 500 reais Há três meses. (Tempo passado)
– Pagarei você daqui A algumas semanas. ( Tempo futuro). Talvez bem futuro.

AO ENCONTRO DE e DE ENCONTRO A- “Ao encontro de” significa a favor. “Seus planos vão ao encontro (a favor) das nossas expectativas”.
” De encontro a” significa contra. ” A proposta da empresa vai de encontro (contra) às reivindicações dos funcionários”.
Numa cena de traição conjugal, a frase seria assim: O marido ia ao encontro da amante quando viu o carro da esposa ir de encontro a ele.

A NÍVEL DE- Praga linguística já em extinção, mas que sobrevive na frase de alguns desavisados. Uso proibido.
Quando usar a nível de? Quando quiser falar errado.

MAS e MAIS- Mas e Mais soam parecidos. Mas são bem diferentes. MAS significa porém. “O time jogou bem, MAS perdeu o jogo”.
MAIS é o contrário de menos. Ela viaja mais (menos) que ele.
Eu gostaria de escrever mais, mas por hoje é só.

Esta entrada foi publicada em Dicas de português. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

4 respostas para Mais dicas de português

  1. Erica disse:

    Matéria que devemos estudar para Concursos, rapido porém excelente conteudo…
    Eu divulgaria essa no meu Facebook “A NíVEL DE informar os desavisados, MAIS não iriam DE encontro as expectativas de alguns AMIGOS”. (Hehehe).
    #partiu postar assim mesmo! 😀

  2. André Leal disse:

    Essa última dica cai bem para os usuários do Facebook. Nunca antes na história desse país o “mais” foi tão utilizado no lugar do “mas”.

  3. Adriana Lotze Martinez disse:

    Muito bom!
    Principalmente o AO ENCONTRO DE e DE ENCONTRO A que normalmente são usados no sentido errado!

  4. Michel Torres disse:

    Toda vez que ouço alguém dizer “a nível de”, repentinamente não consigo prestar atenção em mais nada. Imagino que seja uma sensação parecida com a de um surto de labirintite.

Os comentários estão fechados.