Poeminha sobre a Copa

Eu torci pelo Brasil.
A Angela Merkel, pela Alemanha.
A julgar pelos resultados,
o Mick Jagguer torceu pela Espanha.

Vou torcer para o Brasil
Adotar um esquema inusitado.
Deixar dez jogadores em pé.
E colocar o Fred deitado.

O Neymar é um grande craque
Tem tudo pra ser artilheiro
Só deveria escolher melhor
Quem vai ser seu cabeleireiro.

Mas vaidade não ganha jogo
Isso tá mais que provado.
Pois se vaidade ganhasse,
Só daria Cristiano Ronaldo.

Tenho um sonho pra final
Que é quase obsceno
Brasil vence a Argentina
Com um gol do Galvão Bueno.

Esta entrada foi publicada em Crônicas. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta para Poeminha sobre a Copa

  1. Erica disse:

    Ta que ta inspirado!
    Dá-lhe Galvão!
    Hahaha

Os comentários estão fechados.